Início > brtos > Compilando, gravando e depurando o BRTOS no MPLAB (PIC18)

Compilando, gravando e depurando o BRTOS no MPLAB (PIC18)

Desde as primeiras postagens do port do BRTOS para o PIC18F temos recebido relatos de dificuldades em compilar o BRTOS para este microcontrolador. Segue um pequeno tutorial de passos necessários para compilar, gravar e debugar o BRTOS no PIC18F através da IDE MAPLAB.

 

 

 

 

 

 

 

Sempre que o projeto do MPLAB troca de lugar (diretório / pasta) é necessário modificar a definição das pastas para include. Para tanto vá em “Project -> Build Options -> Project”, como indicado abaixo:

É necessário definir as seguintes pastas:

$projeto\brtos
$projeto\hal
$projeto\brtos\includes
$projeto\includes
$projeto\drivers

Como na figura abaixo:

 

OBS.: Com a ajuda de um comentário neste post (por Rafael Dias), descobrimos como deixar os links relativos. Desta forma o código irá compilar independente da pasta onde se encontre o projeto. Basta configurar as pastas como indicado na figura abaixo:

Pronto, o BRTOS vai compilar corretamente. Agora vamos ao segundo passo. Como comentado no post anterior, o BRTOS exige um arquivo de linker personalizado para cada modelo de PIC18F. Este arquivo tem configurações diferentes para o modo programação (versão release) e o modo debuger (versão de depuração). Novamente com uma contribuição de um comentário do Rafael Dias configuramos o arquivo de linker para que se adapte automaticamente aos modos de gravação e depuração, como indicado na figura abaixo:

Para programar a versão release, selecione o modo Release, como indicado na figura abaixo:

E selecione sua ferramenta de programação no menu Programmer.

Para o modo de depuração selecione o modo Debug, como apresentado na figura abaixo:

E selecione a sua ferramenta de depuração no menu Debugger.

A ferramenta de programação e depuração que utilizamos é o MicroICD da Microgenios. Para utilizar o MicroICD deve-se selecionar tanto no menu Programmer quanto no menu Debugger a ferramenta PICKit 2.

Era isso pessoal …

Anúncios
  1. rafael dias
    23/02/2011 às 23:51

    duas coisas:

    1) nas opções do projeto (Project -> Build Options -> Project) você pode colocar o caminho relativo ao arquivo do projeto atual.
    No meu caso, coloquei as seguintes configurações:
    .\drivers
    .\brtos\includes
    .\includes
    .\hal
    .\brtos

    2) você pode utilizar a variável de ambiente __DEBUG no arquivo de “link edição” para separar a versão Release da Debug

    • 24/02/2011 às 9:55

      Rafael,

      Muito obrigado pela ajuda. Eu tinha procurado como deixar os caminhos relativos e não tinha encontrado. A ajuda com o “link edição” foi ótima também. Como nunca tinhamos trabalhado com PIC18 acabam surgindo estas dificuldades.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: